Implante capilar: existem riscos?

by Fev 11, 2021Tratamentos de Saúde0 comments

Muitas pessoas sofrem com o incómodo da perda de cabelo e isso afeta a autoestima e até mesmo a qualidade de vida. Por isso muitos recorrem ao implante capilar quando outros tipos de tratamento não resolvem.

O implante capilar teve origem no Japão entre os anos 1930 e 1940, mas só se tornou seguro em 1950 onde se provou a sua eficácia. O processo consiste na retirada de folículos capilares saudáveis de uma região da cabeça e a sua implantação na área em que há falta de cabelo.

A técnica mais moderna chama-se FUE (da sigla em inglês “Follicular Unit Extraction”), conhecida popularmente como fio a fio. O procedimento deverá ser feito por um especialista; após a cirurgia, os fios que foram transplantados cairão até o final do primeiro mês e entre três e quatro meses devem começar a crescer novamente. Portanto, o resultado final da cirurgia só poderá ser observado ao final de primeiro ano.

Dica: Antes de fazer a cirurgia, confirme se o médico responsável é especialista na área.

Nesse momento pós-cirúrgico, o médico é fundamental para recomendar medicamentos e produtos para atuar no fortalecimento da nova etapa dos fios e melhorar a cicatrização. Um produto muito utilizado nesta etapa é o Derma Exel Creme Reparador, que pode ser adquirido abaixo.

Derma Exel

Creme Reparador GFC

Para regeneração da pele.

Linha Apoio

808 207 899
geral@mdpt.pt

Blog

De olho no
Mundo

Visite-nos

MDPT Produtos de Saúde
Rua de Timor Leste, Lote 40
Armazém A 2135-192
Samora Correia

© 2021 MDPT PRODUTOS DE SAÚDE - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.